14/05/2015

A velha do Restelo

Estou velha e com falta de paciência para aturar "cenas".
Estou velha e tornei-me demasiado orgulhosa para aceitar a novidade mas, acima de tudo, para dar ouvidos a quem me fala da mudança com entusiamo e brilhozinho nos olhos.
Estou velha e não quero aprender.
Estou velha e apetece-me estar velha porque aos velhos ninguém contradiz.
Estou velha, não tenho papas na língua e excedo-me na utilização de insultos quando bem me dá na gana.

E é por estar velha que te digo, caro Acordo Ortográfico: VAI CAGAR! 

Sem comentários:

Publicar um comentário